Caso CNC: Jornalistas ameaçados por familiares dos réus

Notícias de Angola – Caso CNC: Jornalistas ameaçados por familiares dos réus

O Informativo Angolano soube que, os jornalistas destacados para a cobertura do mediático caso de desvio de avultadas somas em dinheiro do Conselho Nacional de Carregadores (CNC) estão ser vítimas de represálias e ameaças à integridade física pelos familiares dos réus. Augusto Tomás, Manuel Paulo, Rui Moita, Isabel Bragança e Eurico da Silva são os réus acusados no Caso CNC.

Caso CNC: Jornalistas ameaçados por familiares dos réus

O julgamento conhecido por “Caso CNC” envolve o antigo ministro dos Transportes, Augusto Tomás, e mais quatro co-réus, antigos responsáveis da direcção do CNC, entre 2007 e 2018.

Ontem quinta-feira 20, antes da 11ª sessão de audiência e discussão de julgamento, os familiares dirigiram-se aos jornalistas na sala de espera, proferindo palavras ameaçadoras pelo terceiro dia consecutivo.

Os ânimos só foram apaziguados pela porta-voz da sessão, Amor Maria, que solicitou calma aos profissionais da comunicação social e prometeu reforçar a segurança policial.

Conteúdo Relacionado:

Tribunal Supremo vai interrogar ex-diretor geral do Conselho de Carregadores angolano

A propósito, o secretariado do Sindicato dos Jornalistas Angolanos lamentou a atitude dos familiares dos réus e, em nota distribuída à comunicação social, prometeu realizar uma conferência de imprensa na próxima segunda-feira.

Os réus são acusados pelo Ministério Público de peculato, violação de normas de execução de orçamento e abuso de poder na forma continuada.
As sessões, que decorrem desde 31 de Maio no Palácio da Justiça, retomam na próxima terça-feira.

%d bloggers like this: