SADIA denuncia UNITEL à Apple por não pagamento de direitos de autor no KISOM

UNITEL SADIA

Notícias de Angola – SADIA denuncia UNITEL à Apple por não pagamento de direitos de autor no KISOM

A SADIA denunciou a UNITEL à Apple pelo não pagamento de direitos de autor das músicas utilizadas
nos aplicativos Kisom e Toque de Espera. A empresa americana pediu comprovativos, a telefónica enviou, mas esta não aceitou. A SADIA diz que a Apple pode tirar a UNITEL da plataforma. Esta não acredita.

Na próxima semana a Apple pode retirar a UNITEL da sua plataforma e assim acabar com os serviços “Kisom” e “Toque de Espera” da telefónica, apurou o Expansão. Em causa está uma denúncia da Sociedade Angolana dos Direitos de Autor (SADIA) à tecnológica americana por esta se recusar a pagar os direitos de autor das músicas que utiliza nestes serviços.

Esta de imediato solicitou provas à UNITEL que estava a pagar aos artistas, sendo que foi enviado um contrato que esta tinha com a LS Republicano, que funciona como provedor de conteúdos, mas que não foi aceite, exigindo que a telefónica terá de provar de uma outra maneira, apresentando comprovativos mais convincentes. De acordo com o apurado com fontes ligadas ao processo, foi garantido ao Expansão que se não houver desenvolvimentos neste processo, a Apple poderá retirar a frequência de utilização dos aplicativos da operadora nas suas plataformas já na próxima semana.

A leitura da UNITEL é muito diferente. Um dos envolvidos referiu ao Expansão “que isso não vai acontecer. A Apple fornece directamente a UNITEL e temos outras relações com a empresa. Inclusive, vamos desenvolver outros projectos”. Ou seja, se um dos lados acha que a pressão da Apple pode levar a um entendimento, a outra pensa que este facto não é relevante.

Conteúdo Relacionado:

UNITEL prepara infra-estruturas para o lançamento do serviço 5G

EXPANSÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

%d bloggers like this: