Domingo, agosto 9, 2020

Líder da Al-Qaida em África morto pelas tropas francesas

África – Líder da Al-Qaida em África morto pelas tropas francesas

O Líder da Al-Qaida em África Abdelmalek Droukdel, líder da Al-Qaida no Magrebe Islâmico (AQMI) filial do grupo terrorista no norte de África, foi morto pelas tropas francesas no Mali, segundo anunciou a ministra da defesa de França. A informação ainda não foi confirmada pela Al-Qaida.

Esta é uma vitória para as forças francesas que há vários anos combatem a Al-Qaida nesta região, em particular na África Ocidental.

No twitter, a ministra Florence Parly anunciou a morte de Droukdel e vários colaboradores, numa operação das tropas francesas e aliados.

A AQMI é conhecida pelos sequestros de ocidentais e tem espalhado o terror a ponto de ter tornado a região demasiado perigosa para as ONG que operam no terreno.

Segundo o Le Figaro, com mais de 40 anos, Abdelmalek Droukdel foi o responsável por vários atentados, sequestros e homicídios no continente africano.

Sob a sua liderança, o AQIM levou a cabo vários ataques mortais, incluindo um ataque em 2016 a um hotel na capital do Burkina Faso, Ouagadougou, que fez 30 mortos e 150 feridos. Duas das vítimas mortais eram de nacionalidade portuguesa.

Em 2012, foi condenado à pena de morte por um tribunal na Argélia depois de um julgamento à revelia — em que não estava presente — por homicídio, ataques terroristas com explosivos e por pertencer a uma organização terrorista.

As acusações estavam relacionadas com três ataques bombistas na capital da Argélia, Argel, em abril de 2007, que mataram 22 pessoas e feriram mais de 200. A sentença nunca foi efetivada porque Abdelmalek Droukdel nunca foi capturado — até hoje.

Mais Vistas

Nenhum conteúdo disponível
x
%d bloggers like this: