COVID-19: TAAG exige teste para voos domésticos e libera em voos internacionais

TAAG Covid-19

Notícias de Angola – COVID-19: TAAG exige teste para voos domésticos e libera em voos internacionais

A companhia aérea de bandeira (TAAG) actualizou as regras em vigor desde o passado dia 1 de Abril para as viagens. Nos voos domésticos, além da obrigatoriedade do uso da máscara facial durante as viagens, os passageiros devem apresentar, à partida, o certificado de vacinação. Já nos voos internacionais a exigência é dispensada para a maioria dos países.

Uma nota informativa da TAAG, determina a obrigatoriedade de apresentação do Certificado de Vacinação com dose completa nos voos domésticos, podendo ser substituída pela apresentação de Teste SARS-CoV-2 (antigénio) com resultado negativo realizado 48horas antes do voo, bem como o uso obrigatório da máscara facial durante todo o voo.

Já nos voos internacionais, para saída do território nacional (Angola) está dispensada a realização de qualquer tipo de teste aos portadores de certificado de vacinação com dose completa. Entretanto apela ao respeito das exigências do país de destino ou país de passagem em trânsito, apresentadas no quadro anexo e ainda as exigências da companhia transportadora.

Em sentido contrário, para entrar no país, a companhia exige a apresentação do Teste do Vírus SARS-COV-2 do tipo RT-PCR com resultado negativo realizado nas 72 horas anteriores à viagem.

Da lista de exigências para quem chega ao país, consta obrigatoriedade na Comparticipação financeira nos Testes pós-desembarque à chegada ao País, bem como o uso da máscara.

Uma lista de oito países, anexa à nota determina que cidadãos vindos de Moçambique são obrigados a apresentar resultado negativo do teste RT-PCR feito até 72 horas do embarque, ao passo que da África do Sul, Brasil, Namíbia, Nigéria, Portugal, República Democrática do Congo e São Tomé e Príncipe requerem a certificado com as duas doses da Vacina ou teste à Covid-19.

Aos demais países, não mencionados na nota informativa da TAAG-Linhas aéreas de Angola, o embarque para o vôo dispensa a apresentação do certificado ou do teste à COVID-19.

Fonte: Correio Kianda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

%d bloggers like this: