Terça-feira, setembro 29, 2020

Angolanos defendem extinção completa da Igreja Universal no país

Destaque – Angolanos defendem extinção completa da Igreja Universal no país

Depois do episódio de quinta-feira, 06, emitido pela Televisão Pública de Angola (TPA), no programa “Na Lente”, em que vários relatos, que podem constituir em crimes foram divulgados, nas redes sociais, já começam a surgir cidadãos que defendem a extinção completa da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola.

Frases como: “que fechassem definitivamente essa religião cá em Angola” ou “que a IURD não passa de um mercado da fé” ou ainda que “esses pastores são satanás, que usam o nome de Deus para arrecadar dinheiro”, foram utilizadas pelos vários angolanos que manifestaram-se nas redes sociais.

Defendem que tanto a ala brasileira como a dos angolanos sejam encerradas, por se tratar, destes últimos, de pastores que durante anos “compactuaram com os pastores brasileiros para roubarem os fiéis angolanos”, argumentam.

Os conflitos e as implicações na IURD em Angola continuam em alta. E esta semana, a tónica, foi o documento oficial do cartório notarial, que dava conta que a acta saída em Diário da República a favor dos angolanos continha irregularidades.

Conteúdo Relacionado:

Pastores angolanos são agora os responsáveis pela Igreja Universal em Angola

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

Receba as últimas notícias

Assine nossa Newsletter Semanal

Seja notificado sobre novos artigos

%d bloggers like this: