Terça-feira, setembro 29, 2020

Secretário de Estado norte-americano já está em Luanda

Notícias de Angola – Secretário de Estado norte-americano já está em Luanda

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, chegou na noite deste domingo a Luanda, onde vai cumprir uma visita de trabalho de 24h00, destinada ao reforço da cooperação entre os dois países.

No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, Mike Pompeo foi recebido pelo ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto, e por altos funcionários da Embaixada dos EUA em Angola.

De acordo com o programa da visita, a que a Angop teve acesso, a agenda do chefe da diplomacia americana inicia às 10h00 de segunda-feira (17), com a deslocação ao Palácio Presidencial, à Cidade Alta, onde será recebido, em audiência, pelo Presidente da República, João Lourenço.

Uma hora depois, às 11h00, Mike Pompeo estará no edifício sede do Ministério das Relações Exteriores (MIREX), onde vai manter um encontro de trabalho com o seu homólogo angolano, seguido de uma conferência de imprensa, às 11h40.

O chefe da diplomacia norte-americana dará seguimento à sua visita deslocando-se, às 12h00, ao Museu da Moeda, onde vai participar de uma mesa redonda com líderes de negócios.

O secretário de Estado dos EUA deverá ainda encontrar-se com mulheres empreendedoras, assim como reunir-se com os membros da missão diplomática do seu país.

O regresso de Mike Pompeo está previsto para o meio da tarde de segunda-feira.

Angola e os Estados Unidos da América mantêm excelentes relações de cooperação mutuamente vantajosas em vários domínios. A política e diplomacia, defesa e segurança, sector empresarial, indústria, petróleo, saúde, ensino, tecnologias e telecomunicações são algumas das principais áreas da cooperação Angola-EUA.

Os dois países assinaram, em 2010, um acordo para a criação de uma comissão bilateral intitulada Diálogo de Parceria Estratégica.

Angola tornou-se, assim, no terceiro país africano com o qual os Estados Unidos têm uma parceria estratégica. Os outros dois são a África do Sul e a Nigéria.

No quadro da cooperação bilateral, os Estados Unidos consideram que Angola ocupa uma posição geográfica importante de acesso à África Central e Austral e também próxima do Golfo da Guiné.

Angola já exporta para os EUA petróleo e seus derivados, ainda antes do AGOA, tendo exportado, entre 1985 e 2003, mercadorias no valor de 42,9 mil milhões de dólares.

Após ter aderido ao AGOA, em 2003, as exportações angolanas para os EUA quase triplicaram em quantidade e valor, ascendendo no período entre 2004-2014 a 115,39 mil milhões de dólares.

Angola exporta para os Estados Unidos de América essencialmente petróleo e diamantes, ao passo que os norte-americanos vendem para o país alimentos, equipamentos para o sector petrolífero e maquinaria diversa.

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

Receba as últimas notícias

Assine nossa Newsletter Semanal

Seja notificado sobre novos artigos

%d bloggers like this: