Sábado, dezembro 5, 2020

Covid-19: Angola tem alimentos para abastecer o mercado por mais três meses

Notícias de Angola – Covid-19: Angola tem alimentos para abastecer o mercado por mais três meses

Angola tem bens e produtos para abastecer o mercado durante pelo menos três meses, mas precisa de reforçar as reservas para não haver escassez, enquanto decorre a pandemia do novo coronavírus, segundo associações empresariais.

A conclusão é dos operadores do setor do comércio angolano, que participaram hoje em Luanda numa reunião com o ministro do Comércio, para analisar a previsão de ‘stock’ existente para o abastecimento alimentar e elaborar um plano de contingência alimentar devido à doença Covid-19.

O presidente da Associação de Empresas de Comércio e Distribuição Moderna de Angola (Ecodima), Raul Mateus, disse após o encontro que a reserva interna é bastante satisfatória para um trimestre, mas é necessário um reforço.

Além do reforço de ‘stock’, Raul Mateus defendeu a necessidade de se melhorar o sistema administrativo, “para facilitar algumas aquisições mais rapidamente” no sentido de não haver problemas dentro de três meses.

“Mas nesta altura não há défices, as pessoas não têm de se alarmar, porque as superfícies comerciais têm produtos, a central de logística ainda tem produtos”, adiantou o presidente da Ecodima, pedindo que não haja “precipitação” que pode “levar ao caos”.

Raul Mateus frisou que há 100% de produção nacional para as bebidas, 90% para os tubérculos, 100% para frutas e legumes, tendo igualmente chegado ao país navios com matéria-prima para as indústrias de farinha e de fuba (farinha) de milho.

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

let's talk!

%d bloggers like this: