Domingo, setembro 27, 2020

PSG multado 100 mil euros por listar origens étnicas de jovens recrutas

 

O Time de futebol francês Paris Saint-Germain PSG multado 100 mil euros pela comissão disciplinar da Liga Francesa de Futebol (LFP)

psg multado 100 mil euros
psg multado 100 mil euros

 

O Informativo Angolano soube que, o time de futebol francês Paris Saint-Germain (PSG) foi multado, 100 mileuros pela comissão disciplinar da Liga Francesa de Futebol (LFP) na terça-feira pelo perfil racial ilegal de potenciais jovens recrutas, disse um comunicado do órgão. Em novembro passado, a mídia francesa revelou que entre 2013 e 2018, a equipe de recrutamento do clube de futebol parisiense classificou seus jovens recrutas pelas seguintes etnias: “francês”, “norte-africano”, “caribenho” ou “africano”.

A ONG francesa de direitos humanos, la ligue des droits de l’homme, acusou o clube de “discriminação” e de “coletar informações étnicas e raciais” para cada um dos recrutas. É ilegal na França coletar dados pessoais sobre a etnia dos indivíduos. Em sua defesa, o PSG afirmou que as informações foram coletadas apenas pelo diretor de recrutamento de todas as regiões, com exceção de Ile-de-France, Marc Westerloppe.

Segundo um documento publicado pelo jornal  francês L’Equipe, afirma que os dados étnicos e raciais também foram coletados para recrutas na região de Ile-de-France. Westerloppe e o chefe de recrutamento de Ile-de-France, Pierre Reynaud, foram multados 5.000 mil euros com uma sentença suspensa depois que o LFP recebeu depoimentos de ex-batedores que trabalharam no recrutamento do clube durante esses cinco anos e o gerente geral do PSG, Jean- Claude Blanc.

Bertrand Reuzeau, diretor do centro de treinamento do PSG entre 2013 e 2015, foi multado 10 mil euros com uma sentença suspensa. Blanc afirmou que a administração geral do PSG não estava ciente do sistema de registro étnico – ele não foi sancionado pelo LFP. “Dadas as provas apresentadas a nós, chegamos à conclusão de que o PSG não usou essas informações para fins discriminatórios. Nenhuma discriminação foi feita pelo clube”, disse Sebastien Deneux, presidente da comissão disciplinar da liga em uma coletiva de imprensa.

Fonte: Jornal francês L’Equipe

Conteúdo relacionado: Oficial: Álvaro Morata no Atlético De Madrid

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

%d bloggers like this: