SIC investiga altos funcionários do Tribunal de Contas de Angola

SIC investiga altos funcionários do Tribunal de Contas de Angola

O Informativo Angolano soube que, antigos altos funcionários do Tribunal de Contas de Angola estão a responder na secção dos crimes económicos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) por alegada infração a lei de branqueamento de capital, na qual resultou no processo 541/01.32/C.E/DIIC/17.

SIC investiga altos funcionários do Tribunal de Contas de Angola
Negrão Barros – SIC investiga altos funcionários do Tribunal de Contas de Angola

Dando sequencia aos trabalhos de investigação, o SIC convocou para comparecer no próximo dia 30 de Abril, nas suas instalações, dois antigos responsáveis, Túlio Félix Negrão de Barros (na foto) e Bonifácio Manuel. Segundo apurou o Club-K, ambos deverão ser interrogados pelo instrutor processual Emiliano António, afecto a direção de Combate de corrupção do SIC.

Túlio Félix Negrão de Barros, exerceu no passado o cargo de Director do Gabinete do ex- Juiz Conselheiro Presidente, Julião António. No exercício das suas funções, tinha, de entre outras, responsabilidades sobre a supervisão do cofre da instituição. Foi afastado, por Despacho n.º 34/18, assinado pela nova Presidente Exalgina Gambôa, em Julho de 2018.

Bonifácio Manuel, foi o Chefe de Divisão de Relações Públicas e Transporte dos Serviços Administrativos do Tribunal de Contas. Até Julho de 2018, esteve a trabalhar durante um ano como Director-Adjunto do Cerimonial do Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa. Porém, é na sua qualidade como ex- responsável do Tribunal de Contas que está a ser convocado, uma vez que geria verbas para manutenção da frota de automóveis da instituição.

Fonte: Club-K

0 Reviews

Write a Review