Quarta-feira, setembro 30, 2020

Inspetor chefe da polícia morto por meliantes em casa

António Lucas, de 58 anos, Inspetor chefe da polícia (Unidade de Proteção) de Individualidades Protocolares (UPIP) da Polícia Nacional, foi morto no domingo ultimo, no interior de sua casa, localizada no bairro catinton, vítima de um disparo, atingindo a região do abdômen.

O ato ocorreu por volta das 01h da madrugada, quando seis supostos meliantes, armados, entraram em sua residência e dirigiram-se de imediato ao quarto da vítima, tal atitude que fez com que familiares e vizinhos suspeitassem que tal crime tenha sido encomendado.

A vítima encontrava-se com a sua esposa, Oriana Luís Jeremias, de 53 anos, quando os marginais fizeram um disparo, com arma do tipo AKM, tirando-lhe a vida e ferindo o braço da sua companheira.

Segundo relatos do filho do malogrado, Altino António, explicou que o primo com quem partilha o quarto o acordou a si e ao seu irmão, a meio da noite, explicando que ao caminhar em direção à casa de banho, notou a presença de indivíduos estranhos e viu que o cão (de raça Pitbull), caminhava em direção ao fundo do quintal.

TAMBÉM PODES VER: Polícia Nacional e SIC apresentam supostos autores da morte do Inspector

Altino António disse que conseguiu efetuar uma ligação telefônica para o pai, que se encontrava num dos quartos de dentro de casa, a pedir que preparasse a arma e efetuasse disparos, porque havia assaltantes em casa.

Infelizmente, a vítima não foi a tempo de atender a este pedido, uma vez que enquanto conversavam, dois dos supostos meliantes haviam rompido a porta principal (feita de madeira). Em fracções de segundos o pânico instaurou-se na residência.

C/OP

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

let's talk!

%d bloggers like this: