Quinta-feira, outubro 1, 2020

Funcionário público condenado Por crime que pode cometer futuramente

Notícias de Angola – Funcionário público condenado Por crime que pode cometer futuramente – Kuanza Sul

CRIME DE PECULATO FUTURO: O NOVO TIPO PENAL “INVENTADO” PELA PGR.

Na sexta-feira, 13, foi proferida a sentença absolutório no Tribunal Provincial do Kwanza Sul e  com ela terminou a novela sobre uma esquisitice criada pela PGR contra o meu constituinte acusado também pelo crime de associação criminosa pela prática de um crime primário que consiste numa estranha novidade.

Por ter contraído uma dívida junto de um cidadão com a promessa de vir a pagar 30 dias depois, a PGR supôs (acusando) que o meu constituinte, na qualidade de funcionário público, pagaria a dívida com a subtração de fundos públicos e assim foi acusado por um crime futuro, um crime que ainda não foi cometido, havendo já certeza absoluta formada pelos agentes da PGR sobre a sua infalível prática.

Assim, no afã de dar gás ao combate a corrupção, nasceu um tipo novo no nosso Código Penal (mais certo de ser uma norma costumeira, se é possível)  que determina a possibilidade das pessoas serem condenadas por crimes que ainda não ocorrerão. Sei que a criatividade tem campo privilegiado nas artes e literatura, mas não me parece que no campo da aplicação do Direito ela tenha espaço. Mais trabalho e menos criatividade, senhores magistrados!!

Por: Dr Albano Pedro

 

C/ LPN

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

let's talk!

%d bloggers like this: