Terça-feira, setembro 29, 2020

Embaixada dos EUA recusa visto a Miguel Catraio

Notícias de Angola – Embaixada dos EUA recebe visto de Miguel Catraio

O Informativo Angolano soube que, o Consulado dos Estados Unidos junto a sua embaixada em Luanda rejeitou recentemente uma emissão de visto diplomático, um favor do antigo vice-governador de Luanda para o Setor Econômico, Miguel Catraio, por constar na sua ficha criminal, uma condenação decretada pelo Tribunal de Luanda.

Miguel Catraio foi condenado em 2016, a seis anos de prisão pelo Tribunal Provincial de Luanda, na sequência de uma história de amor, traição na antiga amiga Justina Mufuma Lukoki “Jussila” introduzida no tribunal de uma outra amiga Nikilauda Vieira Dias Galiano “Neth”, por este motivo, alegadamente, foi traído com Catraio, de acordo com os fatos revelados no Tribunal.

Catraio foi condenado mas acabou saindo, na Liberdade após o benefício de uma amnistia decretada pelo governo de Angola.

Também pode ler: O BNA disponibiliza 250 milhões de dólares aos bancos comerciantes nesta semana

O seu pedido de visto era sua condição de empresa que possui sua esposa Edith de Sacramento Lourenço Catraio, um fórum nomeado em julho passado pelo governo angolano para uso ou carga de Cônsul Geral de Angola em Nova Iorque – Estados Unidos da América.

Diante da recusa do visto, o ministério das relações exteriores está estudando sem sentido transferir o Cônsul Geral de Angola em Nova Iorque para outro país, que não dificulta a entrada do esposo.

O ponto de vista das autoridades não contribui para a separação de casais, razão pela qual o MIREX nos últimos anos tem procurador colocando casais diplomáticos nas mesmas mortes ou em próximas uma das outras.

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

Receba as últimas notícias

Assine nossa Newsletter Semanal

Seja notificado sobre novos artigos

%d bloggers like this: