Segunda-feira, setembro 21, 2020

Dama Bu: a mulher que reapareceu depois do seu próprio funeral

Notícias de Angola – Dama Bu: a mulher que reapareceu depois do seu próprio funeral

Edna António Filipe Borja, de 26 anos, mais conhecida por “Dama Bu”, voltou ontem ao seio familiar, por volta das 13 horas e trinta minutos, no bairro Prenda, em Luanda, depois de estar desaparecida desde o dia 5 de Abril, tendo a família enterrado sexta-feira (1 de Maio), no cemitério do Benfica, um corpo, que supunham ser dela.

De acordo com o irmão, Adilson António Filipe, que não aceitou dar mais pormenores sobre o sucedido, meio apreensivo dada a orientação familiar para não prestar declarações à imprensa, a família fez várias diligências para encontrar Edna António Filipe, mas sem sucesso.

Na última semana de Abril, acrescenta, a família voltou a procurar em unidades hospitalares, cadeias e morgues da capital, tendo deixado fotografias para a sua identificação. Quinta-feira, a família foi chamada para identificar um cadáver, encontrado na gaveta número cinco da morgue do Hospital Maria Pia, em estado de putrefacção.

Segundo Adilson António Filipe, tendo em conta as restrições impostas pelo Estado de Emergência, deslocaram-se à morgue poucos familiares, incluindo o irmão mais velho, cuja identificação não foi revelada, que confirmou tratar-se da irmã mais nova, a partir de alguns traços, bem como das tatuagens. Marta Alexandrina, nome fictício, vizinha de “Dama Bu”, confirmou que a família realizou um funeral na última sexta-feira, no cemitério do Benfica. “Não foi possível permanecer no local, devido ao cheiro resultante do estado de putrefacção do corpo”.

Fausto de Almeida, também vizinho, disse ao Jornal de Angola que Edna António Filipe é dançarina de profissão. O pseudónimo “Dama Bu” herdou nas lides da dança, nas maratonas do Prenda. Para espanto da família, Edna António Filipe apareceu ontem em casa, o que causou susto aos vizinhos e familiares mais próximos. Para conter a azáfama, a família fechou o portão do quintal, totalmente gradeado, não permitindo o acesso nem às equipas de reportagem do Jornal de Angola e da TV Zimbo.

Os familiares vivem nas imediações do lote 22, no Prenda, a escassos metros do Instituto Médio Industrial Simione Mucune. A notícia sobre o aparecimento de “Dama Bu”, de 26 anos, despertou o interesse de muita gente, que se deslocou ao local querendo conhecê-la. Edna António Filipe é solteira e mãe de três filhos. Até ao fecho desta edição, o Jornal de Angola tentou contactar os Serviços de Investigação Criminal e da Saúde Pública para mais pormenores sobre a identificação de corpos na morgue, mas sem sucesso.

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

%d bloggers like this: