Confusão toma conta do armazém que vende arroz no “preço da Igreja”

Notícias de Angola – Confusão toma conta do armazém que vende arroz no “preço da Igreja”

O Informativo Angolano soube que, um clima de confusão tem tomado conta, nos últimos dias, do armazém Angoalissar no Cazenga, em Luanda, pelo facto de comercializar o saco de Arroz de 25 quilos, no valor de 10 mil, quando em outros locais os preços rondam entre os 12 e 13 mil kwazas.

As enchentes surgem nas primeiras horas do dia, porque a venda de arroz neste preço, está a obrigar as pessoas a levarem apenas três sacos por cliente, de formas a minimizar o fluxo de pessoas que ali vão comprar para revender a mercadoria.

Este tipo de ajuntamento de pessoas em busca de um bem alimentar, segundo contam as pessoas no local, era comum no tempo da guerra mas há muitos anos que não se via clima como do género.

“Este país esta piorar cada dia que passa, não percebemos como é que o arroz está subir desta forma”, foram as lamentações de alguns clientes do referido armazém.

De salientar que, no início do mês de Outubro, o saco de arroz de 25 quilos estava a ser comercializado no valor de 6 mil kzs, tendo passado para o que se vê nos últimos dias, bem no final do mês em que entrou em vigor no país, o IVA, embora nesta semana custando esteja ainda mais puxado.

Esta situação está a obrigar de igual modo, as pessoas a recorrerem a praticar “sociedade”, acto de juntar o dinheiro para conseguir o produto e depois ser dividido por duas ou três partes que estiverem envolvidas.

C/ NJOnline

%d bloggers like this:
Optimized with PageSpeed Ninja