Quinta-feira, dezembro 3, 2020

Comandante da PN Quim Ribeiro em liberdade

Notícias de Angola – Comandante da PN Quim Ribeiro em liberdade

O Informativo Angolano soube que, o Supremo Tribunal Militar, concedeu no passado mês de Agosto, liberdade provisória ao antigo comandante da polícia, Joaquim Vieira Ribeiro, condenado a 22 anos de prisão maior em 2013. A sua primeira aparição pública confirmada durante cerimônia de outorga de diplomas, na UPRA, em Luanda, deu por encerrado os rumores que indiciavam liberdade de Quim Ribeiro.

Quim Ribeiro, tinha sido condenado pelo Supremo Tribunal Militar sob acusação de ser o autor moral do assassinato de dois oficiais superiores, incluindo o Superintende-chefe Joãozinho.

O ex-comandante provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN), foi posto em liberdade condicional, altura em que completou metade da pena de 16 anos, após beneficiar da respectiva redução em 2016 pela Lei da Amnistia.

Quim Ribeiro, que era até antes de beneficiar da liberdade provisória, o único dos 21 elementos ligados ao mesmo processo que ainda se encontrava “atrás das grades”, foi visto no final do mês de Agosto no centro de conferências de Belas, na cerimónia de outorga de diplomas da Universidade Privado de Angola, onde o seu filho terminou a formação.

Recorde-se que para além dos 22 anos, Ribeiro tinha sido expulso da Polícia Nacional medida que, segundo fontes do Correio da Kianda não foi aplicada porquanto o antigo homem forte de Luanda continuou durante os anos de cadeia na folha salarial da corporação bem como os seus companheiros afetos ao SIC.

C/ CK

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

let's talk!

%d bloggers like this: