Sábado, maio 8, 2021

Cidadã acusa comandete do Cassequel de pedir sexo em troca de ajuda

Notícias de Angola – Cidadã acusa comandete do Cassequel de pedir sexo em troca de ajuda

Uma cidadã de nome Ocádia da Conceição, 18 anos de idade, acusa o comandante do Posto Policial do Cassequel do Lourenço, de pedir sexo em troca de auxilio.

Em exclusivo ao Na  Mira do Crime, a jovem explicou que na noite de domingo 22, por volta das 22horas, dirigiu-se aquela unidade policial afim de lhe ser prestado socorro, depois ser agredida.

“Cheguei há dias da província do Bengo com uma tia que me abandonou na via pública, nas imediações da Torada”, contou, acrescentando que, depois, foi perseguida e agredida por três jovens que lhe receberam o telefone e agrediram.

“Depois comecei a perguntar as pessoas onde era a esquadra da Polícia, quando lá cheguei fui atendida pelo chefe, penso ser o comandante da esquadra, alto e claro, e que disse se ficares aqui todos nós vamos ter que dormir contigo”, denunciou.

“Ele é alto e claro, se me colocarem frente a frente com ele vou saber quem é”, garantiu.

O Na Mira do Crime contactou o porta-voz do Comando Provincial de Luanda, Nestor Goubel, que prometeu aferir a veracidade da denúncia nas primeiras horas de hoje, terça-feira, 24.

A Jovem está localizada em casa de uma família  que prestou apoio, e precisa de ajuda para regressar a Caxito.

Em actualização…

NMC

Deixe o seu comentário

Postagens recentes

Siga-nos

Assine a nossa newsletter

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste site e receber notificações de novos posts por e-mail.

%d bloggers like this: