BPC em Luanda volta a conceder crédito “BPC Salário” aos funcionários públicos

BPC salários

Notícias de Angola – BPC em Luanda volta a conceder crédito “BPC Salário” aos funcionários públicos

Há mais de três meses que vários clientes do Banco de Poupança e Crédito (BPC) têm solicitado antecipadamente o famoso “BPC Salário”, crédito de curto prazo, que se encontrava suspenso desde o ano de 2015, soube o Novo Jornal junto de diversos clientes da instituição financeira.

A pesar do regresso deste serviço, que garante a disponibilização antecipada do salário aos cidadãos com ordenados domiciliados nesta instituição financeira, o Banco de Poupança e Crédito não tornou pública a decisão.

O Novo Jornal tentou, sem sucesso, obter esclarecimentos junto de pessoas ligadas ao gabinete de comunicação e imagem do BPC. Mas o facto é que vários são os cidadãos que já beneficiaram do “BPC Salário”, este ano, na província de Luanda. Ao Novo Jornal, professores, polícias, militares, e outros funcionários públicos com remunerações domiciliadas na instituição, contaram que se aperceberam, nos seus locais de trabalho, através do RH e do próprio banco, quando por qualquer motivo se deslocaram à instituição.

Domingos Francisco, do Ministério do Interior (MININT), Paulo Adão e Olga Tancredo, funcionários do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS), contaram que há cerca de três meses solicitaram sem qualquer burocracia o “BPC Salário” na agência onde recebem os seus ordenados.

Um oficial da Polícia Nacional, que não quis ser identificado, contou que no mês passado solicitou ao banco o “BPC Salário” e recebeu o crédito em menos de sete dias.

O Novo Jornal apurou que para solicitação do “BPC Salário” os clientes devem apenas preencher o formulário de adesão, obtido nos balcões, e uma declaração de serviço, protocolada, acompanhada da cópia do BI. Podem igualmente obter o “BPC Salário”, todos os clientes pensionistas, desde que tenham menos de 70 anos.

No mês passado, o PCA do BPC, André Lopes, disse, na província do Moxico, que desde o início do ano o banco já concedeu aos seus clientes do “segmento particulares”, aproximadamente 24 mil milhões de Kwanzas em operações de crédito ao consumo, com particular destaque para o “BPC Salário”.

Em 2020, o BPC teve um resultado líquido de -535,9 mil milhões Kz, tratando-se do maior prejuízo de sempre da banca nacional.

Fonte: NJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

%d bloggers like this: