UNITA pondera realizar manifestações em todo País

UNITA manifestações

Notícias de Angola – UNITA pondera realizar manifestações em todo País

A UNITA, admite juntar-se as manifestações que têm sido programado por membros da sociedade civil, para defender, direitos dos cidadãos, que no entender daquele Partido Político, têm sido, sistematicamente violados pelo Partido no Poder.

Ao dirigir-se a Nação, nesta sexta-feira, num discurso que serviu de resposta a entrevista de João Lourenço, na coletiva dada a cinco órgãos de comunicação social, o Presidente da UNITA Adalberto Costa Júnior, admitiu a hipótese do seu Partido vir a liderar, caso se continue a violar os direitos dos cidadãos, referindo-se a actuacão do Tribunal Constitucional contra o seu Partido, uma onda de manifestações em todo território nacional.

” O cidadão é quem decide o seu futuro. Não é o Partido que Governa. Também não são outros Partidos. O poder de decidir é seu. Vamos todos dizer basta, se necessário, vamos sair á rua, e defender os nossos interesses. Disse, o Presidente da UNITA.

Costa Júnior, que nesta sexta-feira teceu duras críticas a Governação do Presidente João Lourenço, considerando o  adiamento das autarquias por exemplo, representar o adiamento da estabilidade social, económica e política. Costa revelou no seu discurso que, em caso do seu Partido vir a ganhar as próximas eleições, as autarquias realizar-se-ão num período imediato.

Sobre a Frente Patriota Unida, o Presidente da UNITA disse ter sido constituída por patriotas, para dar resposta necessária a um País marcado pela exclusão.

” A FPU não exclui ninguém, e dirige a todos os Angolanos, um desafio de participação, um convite ao debate de ideias, na construção de uma Angola para todos. Disse!

Para o Presidente da UNITA, o ano que agora começa, poderá ser um ano de muitas dificuldades, mas admite também, que 2022 poderá ser o ano da construção do futuro, e da certeza que o seu Partido, poderá vencer as eleições gerais previstas para agosto próximo.

” 2022 será um ano de muitas certezas, certeza que vamos vencer, certeza que os Angolanos estarão juntos nesta mudança, certeza que vamos voltar a ter verdade, e derrotar a mentira. Assegurou.

Correio Kianda

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

%d bloggers like this: