Segunda-feira, maio 25, 2020
ANUNCIO

Empresário chinês foi um dos maiores financiadores da CASA-CE na presidência de Abel Chivukuvuku

Notícias de Angola – Empresário chinês foi um dos maiores financiadores da CASA-CE na presidência de Abel Chivukuvuku

O presidente do Grupo Parlamentar da CASA-CE, Alexandre Sebastião André, disse esta semana, em Luanda, que Abel Chivukuku teve um mandato marcado por muitas dívidas, enquanto esteve como Presidente da Coligação.

Numa entrevista concedida a televisão comunitária do cazenga ( Tv-Nzinga), Alexandre Sebastião, revelou que, uma boa parte das dívidas, terão sido contraídas á um cidadão chinês, num total de quase cinco milhões de dólares, e, que até a sua saída, não chegou a ser paga pela antiga direcção. Dívida esta, que agora está a ser paga pela actual direcção liderada por André Mendes de Carvalho ( Miau).

Na referida entrevista onde o politico faz revelações surpreendentes, Alexandre Sebastião, afirma que, em consequência das dívidas deixadas por Chivukuvuku, destituído por cinco dos seis partidos da coligacão, vários Secretários Municipais têm estado a enfrentar dificuldades diversas, como a falta de meios de locomoção para trabalho politico nos municípios, entre outras, sem que, até ao momento, se vislumbre um fim a vista.

“ Temos uma dívida de quase cinco milhões de dólares, que tínhamos que pagar a um empresário chinês, isto para não falar de outros milhões de kwanzas que nós encontramos. Revela Alexandre Sebastião.

A par de acusações de dividas milionárias contraídas por Chivukuvuku, e que agora está a ser paga pela nova direcção, o antigo líder da CASA-CE, é também acusado de nunca ter construído sequer uma única infra-estrutura, instalações definitiva, que pudessem servir de propriedade autônoma da coligação, durante o seu mandato.

“Essa nova direcção não encontrou nenhum anexo de propriedade da CASA-CE, era tudo renda, renda renda. Conta Alexandre Sebastião.

ASA, como também é conhecido nos circulo da política Luandense, explica, que parte do dinheiro alocado para a coligação, na altura em que Chivukuvuku foi presidente, era usado apenas para meios de propaganda, como camisas e bandeiras. O politico, afirma, que a aposta da nova liderança, tem sido a revitalização da coligação e da correção das supostas más práticas da antiga gestão, a quem adjectiva de ter sido danosa.

C/ CK

RelacionadoPostagens

Mais Vistas

Nenhum conteúdo disponível
Newsletter | INFORMATIVO ANGOLANO

Digite seu endereço de e-mail para assinar este Portal e receber notificações de novas postagens por e-mail.

x
%d bloggers like this: