Terça-feira, julho 14, 2020

Covid-19: homem recebe fatura de 1,1 milhão de dólares após recuperar da doença

EUA – Covid-19: homem recebe fatura de 1,1 milhão de dólares após recuperar da doença

Um homem de 70 anos recebeu uma fatura de 1,1 milhão de dólares, do hospital onde se tratou de Covid-19, em Seattle, nos Estados Unidos.

A fatura pode ser a mais alta da história da pandemia Covid-19.

Segundo o jornal The Seattle Times, Michael Flor recebeu a conta equivalente a 62 dias de internação no Centro Médico Sueco, em Issaquah. O paciente, que chegou a sofrer de estado grave da infecção, ficou dependente de aparelhos para respirar por 29 dias.

A fatura de 1,1 milhão de dólares foi enviada a Flor com um relatório de 181 páginas descrevendo os procedimentos médicos aos quais foi submetido ao longo da internação. Cerca de 1/4 da conta são gastos com medicamentos.

Os procedimentos feitos nos dois dias em que seu coração, rins e pulmões estavam falhando totalizaram cerca de 100 mil dólares. Foram cobradas, inclusive, as roupas de proteção dos profissionais de saúde que entravam no quarto de isolamento do paciente.

Parte do valor deverá ser coberto pela seguradora de saúde.

Há, ainda, o fato de o Congresso americano ter reservado mais de 100 mil dólares para ajudar hospitais e companhias de seguros a arcar com os custos da pandemia, o que pode ajudá-lo.

Passando por tudo isso, Flor disse que ficou surpreso com sua própria reação, que foi de culpa. “Sinto-me culpado por sobreviver”, disse ele. “Há uma sensação de ‘por que eu?’ Por que eu mereço tudo isso? Olhar para o custo incrível de tudo isso definitivamente contribui para a culpa desse sobrevivente”.

A repercussão do caso levantou mais uma vez o debate sobre o sistema de saúde dos Estados Unidos, onde a maior parte da população não tem plano e muitos não procuram tratamento, se expondo a um maior risco e alimentando a propagação da doença.

Mais Vistas

Nenhum conteúdo disponível
x
%d bloggers like this: