Terça-feira, julho 14, 2020

Covid-19: China vai apoiar a África fornecendo 50 milhões de dólares à OMS

África – Covid-19: China vai apoiar a África fornecendo 50 milhões de dólares à OMS

O presidente chinês, Xi Jinping, fez uma importante declaração de grande e amplo alcance no aumento da confiança global em contenção de pandemia, promovendo a cooperação internacional antipandêmica e planejamento para o futuro sistema de governança global durante o evento virtual de abertura da 73ª Assembléia Mundial da Saúde, pois promete apoio contínuo à África.

Maoming, que divulgou isso aos jornalistas em Lagos, disse que o governo chinês também forneceu dois lotes de apoio financeiro totalizando US $ 50 milhões à Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmando que a China participou ativamente da cooperação internacional na resposta do Covid-19.

Segundo ele, a China, tendo participado ativamente e adotado a Iniciativa de Suspensão do Serviço da Dívida do G20, apoiou a recuperação e o desenvolvimento econômico e social pós-epidêmico nos países relevantes.

Ele disse que isso foi declarado por um documento branco, intitulado “Combate ao COVID-19: China em Ação”, publicado na manhã de 7 de junho de 2020 pelo Escritório de Informações do Conselho de Estado da República Popular da China. “A partir de agora, as importantes medidas propostas pelo presidente Xi Jinping estão sendo ativamente implementadas.

Em relação aos US $ 2 bilhões em ajuda, inclui materiais antipandêmicos e apoio à recuperação e desenvolvimento econômico e social pós-epidêmico nos países relevantes, além de envolver assistência bilateral e doações multilaterais ”, afirmou Maoming.

O CG também disse que a China está agora trabalhando com os países beneficiários que precisam confirmar projetos de assistência por meio de consultas em pé de igualdade e forneceu dois lotes de apoio em dinheiro totalizando US $ 50 milhões à Organização Mundial da Saúde (OMS).

“As negociações e os preparativos para um depósito e centro de resposta humanitária global na China estão em andamento. A China participou ativamente e atuou na Iniciativa de Suspensão do Serviço da Dívida do G20. Até o momento, anunciou a suspensão do pagamento de dívidas de 77 países em desenvolvimento.

Mais Vistas

Nenhum conteúdo disponível
x
%d bloggers like this: