Segunda-feira, maio 25, 2020
ANUNCIO

Angola poupa 80 milhões de dólares com produção da Biocom

Notícias de Angola – Angola poupa 80 milhões de dólares com produção da Biocom

O Informativo Angolano soube que, Angola pode deixar de gastar cerca de 80 milhões de dólares com a importação de açúcar, mercê da oferta da quantidade equivalente do produto pela Companhia de Bioenergia de Angola (Biocom), implamtada em Cacuso, anunciou sexta-feira o director fabril, Ricardo Guerra, no final da visita do governador provincial Norberto dos Santos.

Angola poupa 80 milhões de dólares com produção da Biocom

Ricardo Guerra indicou que já no período de 2015 a 2018, houve uma poupança de 170 milhões de dólares em decorrência da oferta da companhia que cobre 35 por cento da procura de açúcar e 50 de etanol do mercado nacional.

A companhia está envolvida na exportação de 8,5 mil metros cúbicos de etanol hidratado para França e a Suíça, a primeira expedição das quais ocorre amanhã, por um valor de 3, 5 milhões de dólares.

Segundo o responsável da Biocom, o investimento feito na produção de álcool ronda já um milhão de dólares, num momento em que o consumo de etanol no país é estimado em 44 milhões de litros por mês, 19 milhões dos quais são produzidos por esta companhia.

Podes ler também:

Governo assina acordo com Deutsche Bank de 1.000 milhões de euros

Considerando “positivo” o impacto do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações (Prodesi) na actividade da Biocom, Ricardo Guerra destacou a melhoria no acesso às divisas.

O governador destacou o contributo da Biocom no programa de diversificação da economia e redução das importações e disse acreditar que, dentro de quatro anos, a companhia poderá produzir em grande escala e abastecer o mercado nacional. Alguns agentes económicos grossistas já começaram a adquirir o açúcar da Biocom, da marca “Kapanda”, obtendo vendas bem sucedidas.

Norberto dos Santos disse que a visita foi uma retribuição ao empenho da Biocom na Expo-Malanje, realizada recentemente, revelando-se como um dos vencedores das diversas categorias de expositores. Anunciou contactos com o Ministério das Finanças para fazer com que a companhia contribua em impostos para a província o orçamento da província.

Primeira empresa a produzir e comercializar açúcar, etanol e energia eléctrica a partir da biomassa, a Biocom emprega mais de 2.500 trabalhadores e, para a presente safra, recrutou mais de 600.

Fonte: JA

RelacionadoPostagens

Mais Vistas

Nenhum conteúdo disponível
Newsletter | INFORMATIVO ANGOLANO

Digite seu endereço de e-mail para assinar este Portal e receber notificações de novas postagens por e-mail.

x
%d bloggers like this: