Quarta-feira, agosto 12, 2020

Morre Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Basquetebol – Morre Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre da NBA morreu este domingo na Califórnia, num acidente de helicóptero. Uma das filhas do jogador também morreu no acidente.

A notícia começou por ser avançada pelo TMZ: numa primeira fase, as primeiras informações davam conta de que nenhum elemento da família de Bryant estaria na aeronave mas Gianni, de 13 anos e uma das filhas do antigo atleta, também estaria a bordo.

Kobe Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, que se despenhou. Nenhum dos passageiros sobreviveu e a aeronave ter-se-á incendiado ao embater no chão: ao todo, cinco pessoas terão morrido devido ao desastre. A mulher do ex-basquetebolista, Vanessa Bryant, não estaria no helicóptero. As causas do desastre estão a ser investigadas. Bryant tinha 41 anos e quatro filhas — a mais nova nasceu em junho, há menos de um ano.

Kobe Bryant é considerado um dos melhores jogadores da NBA de todos os tempos e o melhor da última geração, interpretado normalmente como o sucessor de Michael Jordan na alta roda do basquetebol norte-americano e internacional. Ao longo de 20 de carreira, nunca jogou por outra equipa que não os Lakers, um dado raro e cada vez mais escasso na atualidade. Foi cinco vezes campeão da NBA, duas vezes MVP das Finais, MVP em 2008 e integrou 18 equipas All-Star, um número que só é superado pelas 19 de Kareem Abdul-Jabbar.

Terminou a carreira há quatro anos, em 2016, ano em que os Lakers anunciaram a retirada dos dois números que usou, o 8 e o 24, algo que nunca tinha acontecido na história da franquia da Califórnia. Em 2018, foi agraciado comum Oscar pela curta-metragem “Dear Basketball”, onde declarava toda a paixão pela modalidade que praticava. Foi até este sábado o terceiro melhor marcador da história da NBA: no dia antes de morrer, foi ultrapassado por LeBron James, também jogador do Lakers, e caiu para quarto numa lista que é liderada por Abdul-Jabbar. No Twitter, enquanto o jogo dos Lakers contra os 76ers ainda decorria e assim que James chegou aos 18 pontos que superavam a sua marca, Bryant felicitou-o e agradeceu-lhe por “continuar a levar o jogo para a frente”, naquela que acabou por ser a última publicação que fez nas redes sociais.

 

Mais Vistas

Nenhum conteúdo disponível
x
%d bloggers like this: