Dupla derrota dos Palancas Negras em destaque

Resenha Desportiva – Dupla derrota dos Palancas Negras em destaque

A dupla derrota da seleção nacional de futebol ( Palancas Negras ) na caminhada ao CAN2021, nos Camarões, marcou a semana desportiva Angolana.

Na quarta-feira, os Palancas Negras perderam com a Gâmbia, por 1-3, em pleno estádio 11 de Novembro, e ontem (domingo) voltaram a baquear frente ao Gabão, em Franceville, por 1-2.

Ainda a nível do futebol, o Progresso do Sambizanga e Desportivo da Huíla acertaram a oitava jornada do Girabola2019/20 no estádio do Buraco, em Benguela, com o jogo a terminar empatado a um golo.

O encontro não se disputou na data prevista devido à ausência de uma ambulância no estádio dos Coqueiros, onde deveria decorrer o jogo.

O Interclube rescindiu contrato com o treinador português Bruno Ribeiro, por problemas pessoais e maus resultados no campeonato nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2019/20).

Já no basquetebol, a selecção nacional sénior feminina falhou o apuramento ao torneio pré-olímpico, ao averbar duas derrotas no zonal africano, que se disputou em Maputo (Moçambique).

As angolanas perderam com o Senegal (71-75) e Mali (45-65), falhando deste modo o apuramento ao pré-olímpico, a disputar-se em Fevereiro de 2020, em Espanha, competição qualificativa aos jogos olímpicos do Japão2020.

Enquanto isso, o 1º de Agosto conquistou o seu oitavo troféu do torneio Victorino Cunha, ao venceu na final o Petro de Luanda, por 94-79.

Nos desportos de luta, o atleta Hernani Zacarias conquistou a medalha de prata no campeonato mundial de Taekwandó, que teve lugar na Correia do Sul.

O angolano perdeu na final frente a um atleta da Mongólia, depois de vencer um oponente do Japão.

No desporto adaptado, Angola terminou a sua participação no Campeonato do Mundo de atletismo adaptado, decorrido no Dubai, onde um dos objectivos era a melhoria das marcas pessoais dos atletas, que não foram de todo alcançadas.

Angola participou com José Chamoleia, Regina Dumbo, Emeloide Adelino, Juliana Moko (deficientes visuais) e Manuel Jaime (deficiente motor).

No hóquei em patins, a campeã Académica de Luanda e o Petro de Luanda vão disputar a final do Campeonato Nacional sénior masculino.

Os académicos afastaram nas meias-finais o 1º de Agosto, enquanto os petrolíferos eliminaram a Marinha de Guerra.

%d bloggers like this: