Instabilidade do sinal e preços da Internet lideram queixas dos clientes | Informativo Angolano

Notícias de Angola -Instabilidade do sinal e preços da Internet lideram queixas dos clientes

Os operadores e provedores de telecomunicações dizem que continuam a trabalhar para melhorar os serviços de internet e evitar reclamações dos clientes, mas explicam que nem tudo depende deles. Também alegam que estão atentos às queixas que lhes chegam e que se prendem, sobretudo, com a instabilidade do sinal e o elevado preço, no entanto, a solução depende de factores estruturais que não estão nas suas mãos.

A TV Cabo, por exemplo, admitiu que tem havido alguma instabilidade na rede. No entanto, a operadora garante que tem feito todos os esforços no sentido de mitigar estes constrangimentos e restabelecer o serviço o mais rapidamente possível, sempre que uma situação destas ocorre. “Esta situação tem causado um forte impacto no nosso serviço, nomeadamente na oferta de um sinal consistente de televisão, internet e voz aos nossos clientes”, disse o director da TV Cabo, Francisco Ferreira. O gestor referiu que estes problemas estão ligados às obras de requalificação no casco urbano e que, “acidentalmente, provocam danos” nas infraestruturas de telecomunicações da empresa.

No caso da Sistec, o director de telecomunicações da empresa, Bruno Lara, disse ao Expansão que o número de queixas sobre o sinal da internet “é bastante baixo” e, normalmente, está relacionado com o excesso de utilização e ultrapassagem de limites de consumo. “Como o serviço de internet fornecido (YahClick) é via satélite, o mesmo é substancialmente mais estável e seguro”, garantiu Bruno Lara. Apesar das queixas dos clientes em relação ao preço da internet, a TV Cabo disse que, ainda assim, a actualização de preços por parte da operadora está abaixo destas condicionantes e da realidade económica, numa conjuntura que é difícil para todos.

Francisco Ferreira disse que é importante relembrar que as taxas de inflação foram superiores a 20% nos últimos anos, juntando-se aqui a desvalorização cambial que, devido à necessidade de importar equipamentos “tem tido um forte impacto negativo na rentabilidade da empresa”.

Já a Sistec tomou medidas concretas, com as quais conseguiu reduzir drasticamente os preços. A título de exemplo, Bruno Lara refere que o plano de 50 GB desceu de 140.000 Kz para menos de 30.000 Kz por mês, permitindo que a empresa passasse a concorrer, quase directamente, com os provedores terrestres. “Tivemos essa ajuda há alguns meses e com o esforço combinado YahClick/Sistec”, disse Bruno Lara.

C/ Expansão

Leave A Reply

Exit mobile version