UNITA suspende membros que recorreram ao Tribunal Constitucional contra congresso

UNITA MPLA acusações

Notícias de Angola – UNITA suspende membros que recorreram ao Tribunal Constitucional contra congresso

Comissão Política da UNITA publica nota na qual comunica a suspensão preventiva dos oito membros do partido que recorreram ao Tribunal Constitucional contra a realização do XIII Congresso em dezembro.

Num comunicado divulgado no início da madrugada desta segunda-feira (29.11), a Comissão Política da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) publicou a decisão de suspender em caráter provisório oito membros do partido.

“Considerando o facto de que os militantes envolvidos recorreram ao Tribunal Constitucional antes de terem esgotado os meios jurídicos internos, a Comissão Política deliberou por voto secreto sobre a suspensão preventiva dos seus membros Ilídio Chissanga Eurico, Amaro Cambiete Sebastião Caimana, Sócrates Yava Kabeia, Elisbey Chinjola Bamba Setapi, Manuela dos Prazeres de Kazoto, Ana Filomena Junqueira da Cruz Domingos e Filipe Mendonça”, lê-se na nota.

No pedido de impugnação da reunião da Comissão Política que definiu a data para o evento, os militantes alegavam que a decisão de marcar o congresso da UNITA foi tomada debaixo de um clima de intimidação.

Uma das provas disso, segundo os militantes, teria sido o protesto a favor do líder destituído Adalberto Costa Júnior, que teve lugar em frente ao complexo onde decorria a reunião.

No mesmo documento, a UNITA reitera a realização do XIII Congresso Ordinário do partido nos dias 2, 3 e 4 de dezembro de 2021. A Comissão Política lembra que a Constituição angolana garante que os partidos políticos “se regem de forma autónoma na sua gestão interna”.

O comunicado também dá a conhecer que a comissão política aprovou, por aclamação, a nomeação de Amélia Judith Ernesto para o cargo de vice-presidente, em substituição de Raul Danda, que morreu em maio deste ano, aos 63 anos.

Conteúdo Relacionado:

[Em atualização] – C/ DW

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

%d bloggers like this: