Presidente do Tribunal Supremo demite assessor por comentar no Facebook | Informativo Angolano

Notícias de Angola – Presidente do Tribunal Supremo demite assessor por comentar no Facebook

No passado dia 7 de Novembro, o brigadeiro Joel Leonardo, juiz conselheiro presidente do Tribunal Supremo, aplicou a medida disciplinar de demissão a Domingos Fernando Feca, assessor desse tribunal e presidente da respectiva comissão instaladora do sindicato dos funcionários.

A aplicação desta pena máxima a nível disciplinar foi justificada com publicações no Facebook ocorridas entre 26 de Agosto e 15 de Setembro deste ano. Eis o teor dessas publicações:

“Quando o poder político leva para a cama o poder judicial o resultado é este: aberração e excremento jurídico. Quando o poder político paga para se envolver com o jurídico, isto é o quê mesmo…: prostituição.”

“O maior perigo no poder judicial/judiciário não são os conflitos a dirimir, mas os infiltrados sob o disfarce de Juízes e Procuradores.”

“Assalto ao poder, grande filme, só não sabia que teríamos de sair da ficção para a vida real e com realização em Angola. A realidade é difícil… Os filmes são proféticos, a profecia do filme a realizar-se em Angola.”

Foi apenas e só devido a estes escritos que o presidente do Tribunal Supremo decretou a demissão do seu autor, o funcionário Fernando Feca. Por alguma razão, a autoridade máxima do tribunal sentiu-se atingida pelas afirmações.

Lil Pasta News

Leave A Reply

Exit mobile version