Petra Romana Timóteo Correia é a procuradora indicada para interrogar José Eduardo dos Santos

Notícias de Angola – Petra Romana Timóteo Correia é a procuradora indicada para interrogar José Eduardo dos Santos

Com vasta experiência na área de investigação e instrução criminal, formada nas áreas de interrogatório, criminalidade organizada “corrupção e tráfico”, Petra Romana Timóteo Correia, é a Procuradora da República junto à Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) que está indicada para ouvir o antigo presidente da República José Eduardo dos Santos.

procuradora indicada para interrogar José Eduardo dos Santos

Dos Santos está arrolado no processo número 68/2018 de que é visado o deputado do MPLA, Manuel António Rabelais, por factos praticados na qualidade de director do extinto Gabinete de Revitalização e Execução da Comunicação Institucional e Marketing da Administração (GRECIMA)”.

Contrariamente ao que diz a nota do Gabinete de Comunicação Institucional da Procuradoria Geral da República, a referida notificação, que tivemos acesso foi assinada pelo Wanderley Bento Mateus actual director da Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) órgão vocacionado na investigação de personalidades nomeadas pelo Titular do Poder Executivo ou de foro especial.

A nota assinada pelo director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Procuradoria Geral da República, Álvaro João, tenta desmentir que não notificou José Eduardo dos Santos, mas diz que a PGR pode o convocar para qualquer esclarecimento.

Segundo a nossa fonte, Eduardo dos Santos, após ter recebido a comunicação do seu homem directo Luís Fungo, ligou ao actual presidente da República João Manuel Gonçalves Lourenço, entretanto, com esta comunicação Lourenço demonstra a sua intervenção nos processos em curso na PGR.

Petra Romana Timóteo Correia Procuradora com mais de 8 anos de serviço é formada pela Universidade Agostinho Neto, licenciada em Direito, na Área Jurídico-Económica, professora da Universidade Independente de Angola e viúva de Adérito Correia primeiro director da Faculdade de direito da Universidade Agostinho Neto.

Wanderley Bento Mateus é o director da Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP) e despacha regularmente em processos delicados com Fernando Garcia Miala chede do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado (SINSE).

C/ O Decreto

%d bloggers like this: