Kopelipa devolve portos de Luanda e de Lobito ao Estado

Notícias de Angola – Kopelipa devolve portos de Luanda e de Lobito ao Estado

O Informativo Angolano soube que, o General Helder Vieira Dias “Kopelipa” ex chefe da Casa de Segurança de José Eduardo dos Santos, devolveu voluntariamente a gestão dos terminais dos portos de Luanda e Lobito, que tinham sido entregues a duas empresas da sua família.

Segundo fonte do Serviço de Inteligência e Segurança de Estado, “SINSE”, um grupo de técnicos, daquela instituição está no encalço dos ativos espalhados em Angola e no exterior do país pertencentes a General Hélder Vieira Dias “Kopelipa”.

A fonte fez notar igualmente a intenção de um grupo de empresários ligados ao ex-Presidente José Eduardo dos Santos em prejudicarem o sistema econômico do país.

Dias antes de deixar o poder o ex-Presidente José Eduardo dos Santos assinou um decreto concedendo os Terminais do Porto Comercial de Lobito E.P. a duas empresas pertencentes à família do general “Kopelipa”, que já geriam o Porto de Luanda.

O Ministério Público Angolano mantém ativo o combate à corrupção e à recuperação de dinheiro e ativos adquiridos ilicitamente por altos funcionários do Estado acusados de crimes de peculato, seguindo o slogan de campanha do Presidente João Lourenço pelo MPLA “melhorar o que está bem e corrigir o que está mal”.

Depois da apreensão de imóveis e viaturas de Joaquim Sebastião, o ex-director do Instituto de Estradas de Angola – INEA – o antigo Chefe da Casa de Segurança de José Eduardo dos Santos, general Manuel Helder Vieira Dias “Kopelipa” decidiu entregar voluntariamente, os terminais dos portos de Luanda e do Lobito, que tinham sido entregues a duas empresas da sua família.

Os terminais foram construídos com fundos públicos e entregues inicialmente por 25 anos às empresas Soportos SA e Sogester SA da família do general ,”Kopelipa” um dos principais delfins do ex-Presidente José Eduardo dos Santos.

Conteúdo Relacionado:

JES deu Porto do Lobito a Kopelipa dias antes de deixar a presidência

Com a entrega dos bens, o general “Kopelipa” tenta evitar uma possível acusação de crime de peculato pelo Ministério Público, uma vez que o Presidente João Lourenço através do Decreto Presidencial N°220/19 assinado há dias, anulou o decreto presidencial do seu antecessor concedendo a “Koplelipa” a gestão dos Terminais dos Portos do Lobito e Luanda.

Outros nomes citados nesta investigação é de jurista Carlos Maria Feijó e General Francisco Higino Lopes Carneiro.

Sabe-se que o Ministério Público de Angola está também a investigar o general, Manuel Hélder Vieira Dias “Kopelipa”, ex-ministro de Estado e ex-chefe da Casa de Segurança da Presidência da República de Angola, por suspeita de branqueamento de 495 milhões de dólares, o equivalente a cerca de 402 milhões de euros.

Entretanto, em notícia publicada hoje no Jornal de Angola, o general Manuel Hélder Vieira Dias “Kopelipa” nega não ter qualquer ligação com a Soportos, empresa portuária que explorava os terminais nos Portos de Luanda e do Lobito.

C/ O Decreto

Read Previous

Metade dos moradores da cidade do Kilamba estão sem pagar ao Estado

Read Next

General Wala distinguido como melhor estudante na Rússia

%d bloggers like this: